O que pode acontecer com um celular que cai na água?

O que pode acontecer com um celular que cai na água?

março 30, 2019 0 Por admin-site-pa

O contato com a água pode causar oxidação nos componentes do smartphone, levando o aparelho, até mesmo, a deixar de funcionar, se não for corrigido a tempo. Apesar disso, a retirada da oxidação é um processo que pode ser feito de forma relativamente fácil em alguma assistência técnica.

O componente, no entanto, que costuma apresentar mais defeitos em contato com a água é a placa interna. Ao contrário do que a maioria acha, a tela não é o item que corre mais riscos. As pessoas costumam pensar que a tela é o que vai danificar primeiro, mas, geralmente, são os circuitos internos e o usuário, normalmente, não tem acesso a eles para consertar.

Após remover todos os componentes, você deve secar um por um com uma toalha ou pano e dar leves batidinhas para que a água possa escorrer. A melhor atitude é levar o smartphone para fazer os reparos necessários: a água oxida o aparelho e a pessoa não consegue consertar em casa. A assistência técnica vai abrir o celular e fazer a desoxidação.

Celular resistente à água pode ser completamente submergido?

Mesmo quem possui um celular resistente à água não está isento desses tipos de transtorno. Para muitos donos de telefones “à prova d’água” chegam com seus smartphones na assistência técnica por conta de problemas com água. Isso acontece porque as pessoas acabam expondo seus aparelhos propositalmente a certas situações para as quais os dispositivos não estão preparados, como mergulho na praia ou piscina.

Mesmo os celulares com resistência à água, que geralmente possuem certificação IP67 ou 68, não devem ser submergidos. Essa característica garante proteção apenas contra contatos acidentais com o líquido.

Cuidado com o vapor d’água

Outro cuidado que deve ser tomado é com a exposição do smartphone ao vapor d’água. Muitas pessoas têm o costume de levar o celular para o banheiro na hora do banho, mas não sabem que isso também pode ser prejudicial. Em alguns casos, o telefone chega na assistência técnica com problemas de oxidação, mesmo sem que ele tenha caído na água. Isso acontece porque o vapor d’água também causa a oxidação do aparelho com o tempo. Sendo assim, o melhor a fazer é evitar levar o telefone para o banheiro.

Celular com tela rachada fica mais vulnerável em contato com a água?

A resposta para essa pergunta é sim. Se o seu smartphone possui rachaduras ou algum outro defeito na tela, o cuidado deve ser redobrado, já que o aparelho fica mais vulnerável ao contato com a água. é comprovado que a água entra pela fresta do vidro rachado e pode contaminar mais rapidamente o display. Além disso, apenas o fato de estar com o painel danificado já deixa o aparelho mais exposto e suscetível a problemas.

Dica: Styllus Cell – Fones: (51)3241-6426 / 99204-7434 / 99780-8003